SEM PREVISÃO DE PAGAMENTO DE VERBAS RESCISÓRIAS TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO HOSPITAL MUNICIPAL ALBERT SCHWEITZER

SEM PREVISÃO DE PAGAMENTO DE VERBAS RESCISÓRIAS TÉCNICOS DE ENFERMAGEM DO HOSPITAL MUNICIPAL ALBERT SCHWEITZER

Mesmo após sucessivos adiamentos é pouco provável que o Município faça os repasses para que os trabalhadores recebam ainda em esse ano.

Nesta quinta-feira (02/12) ocorreu a audiência judicial virtual no Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Soluções de Disputas da Capital (CEJUSC) do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ) sobre o pagamento das rescisões dos técnicos de enfermagem do HOSPITAL MUNICIPAL ALBERT SCHWEITZER, que era administrado pela Organização Social (OS): Cruz Vermelha.

O Procurador-Geral Procurador do Município do Rio de Janeiro, Daniel Bucar, informou que ainda não há data definida quanto à liberação dos R$ 5.005.478,82 para os pagamentos verbas rescisórias dos técnicos de enfermagem, pois, ainda não há sinal de liberação dos recursos por parte da Secretaria de Fazenda. Daniel Bucar ainda afirmou que os trâmites estão ocorrendo e que haveria outros canais para liberação mais célere. Por fim, o procurador-geral afirmou que deste valor (R$ 5.005.478,82), cerca de R$ 2 milhões já foram empenhados e estão liquidados e, no prazo de 24hrs, se comprometeu a juntar informações e documentos referentes aos empenhos liquidados.

Uma Nova audiência foi marcada para dia 07/12/2021, às 09:00hrs, e será transmitida na página do SATEMRJ no Facebook. Acompanhe as redes sociais do sindicato, curtam e compartilhem.

SUA LUTA NOSSA LUTA!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on email

ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL

MENSALIDADE ASSOCIATIVA

ASSISTA VÍDEO 1

SIGA-NOS NO FACEBOOK

CONHEÇA AS VITÓRIAS QUE SATEMRJ CONQUISTOU PARA OS TRABALHADORES TÉCNICOS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM!

  • Revitalização da mesa de negociação do SUS através de mobilização da categoria;
  • Criação do cargo Técnico de Enfermagem na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro;
  • Caravanas à Brasília para exigir a implementação das 30 horas semanais;
  • Implantação, no Rio de Janeiro,das 30 horas semanais na Secretaria Municipal de Saúde atráves da articulação do SATEMRJ e da Enfermeira Rejane de Almeida Deputada Estadual;
  • Criação da Comissão de Auxiliares e Técnicos dentro do Sistema Cofen após uma luta de 42 anos;
  • Fortalecimento da Comissão Nacional de Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (CONATENF do COFEN );
  • Fornecimento ao ticket alimentação.

NOTÍCIAS RECENTES

CATEGORIAS