O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Rio de Janeiro (SATEMRJ) vem, por meio desta nota, manifestar veementemente seu repúdio às péssimas condições de trabalho que os profissionais vêm enfrentando durante a pandemia de covid-19.

De acordo com a matéria divulgada pelo Fantástico no último domingo, (06/09), 64% das auxiliares e técnicas de enfermagem desenvolveram Síndrome de Bornout desde o início do combate ao COVID-19. Uma doença que tem como alguns dos seus sintomas a exaustão física e mental. Essa síndrome é agravada pelas péssimas condições de trabalho, falta de equipamentos de segurança, salários baixos e/ou atrasados, problemas denunciados diariamente pelo Sindicato. O resultado é o adoecimento da categoria.

Seguimos firmes na luta pela defesa da segurança das trabalhadoras e trabalhadores auxiliares, técnicos e técnicas em enfermagem.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on email

ASSEMBLEIA GERAL VIRTUAL

MENSALIDADE ASSOCIATIVA

ASSISTA VÍDEO 1

SIGA-NOS NO FACEBOOK

CONHEÇA AS VITÓRIAS QUE SATEMRJ CONQUISTOU PARA OS TRABALHADORES TÉCNICOS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM!

  • Revitalização da mesa de negociação do SUS através de mobilização da categoria;
  • Criação do cargo Técnico de Enfermagem na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro;
  • Caravanas à Brasília para exigir a implementação das 30 horas semanais;
  • Implantação, no Rio de Janeiro,das 30 horas semanais na Secretaria Municipal de Saúde atráves da articulação do SATEMRJ e da Enfermeira Rejane de Almeida Deputada Estadual;
  • Criação da Comissão de Auxiliares e Técnicos dentro do Sistema Cofen após uma luta de 42 anos;
  • Fortalecimento da Comissão Nacional de Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (CONATENF do COFEN );
  • Fornecimento ao ticket alimentação.

NOTÍCIAS RECENTES

Pagamento com PCCS e GDA na conta Bradesco! Conheça a...

CATEGORIAS